Aliança para governar

|| Postado por Artur Bruno em 07-05-2012

Nos últimos meses muito se tem discutido sobre candidatos, alianças partidárias, assim como interesses de conquista do governo.



 É a ansiedade pré-eleitoral que se instala e Fortaleza está na pauta da discussão. Acredito que isso seja bastante salutar, afinal precisamos discutir a cidade que queremos viver e, consequentemente, como esta deve ser gerida. Estou certo de que o saldo que sairá desse debate será positivo.

A democracia é o sistema da pluraridade de ideias e posturas. A diversidade, própria do ser humano, nos leva à necessidade de equalizar interesses, para que a convivência chegue o mais perto da harmonia desejada. Nisso se encontra a função primordial da política na sociedade.
Aliança política se faz necessária para a manutenção do ideal democrático, afinal a preponderância de uma força política só restringe a discussão de ideias e propostas, sendo bastante danoso à pluraridade. Os partidos políticos, nas democracias ocidentais modernas, são o canal por excelência para a celebração de alianças.

Na última quarta-feira, representantes dos diretórios municipais de Fortaleza do Partido dos Trabalhadores (PT) e Partido Socialista Brasiliero (PSB) reuniram-se para discutir sucessão na capital. Ajustar interesses e aparar arestas estava na pauta de discussões desses partidos que, há tempos, são parceiros políticos em todos os níveis da nossa federação. Esse debate tem caráter fundamental para quem tem mantido aliança política e governamental que, de forma competente, vem encabeçando o processo de transformação da cidade e, com eficiência, governa o Estado do Ceará.

Essa reunião marca o início da busca de um consenso entre as forças políticas preocupadas no desenvolvimento do município, afinal sabemos que tanto o governador Cid Gomes como a prefeita Luizianne Lins tem afirmado que, naquilo que depender deles, a aliança entre PT e PSB será fechada para a sucessão na capital cearense.

Mais que nomes para encabeçar chapas é de magistral importância para o projeto político e administrativo, que os partidos discutam programa de governo e políticas públicas para saúde, educação, habitação, etc. Que se possa buscar uma gestão que planeje a cidade em curto e médio prazos, ao mesmo tempo que envolva a sociedade civil neste planejamento.

Tenho repetido que precisamos avançar em algumas questões estratégicas para que possamos nos manter construindo uma cidade cada vez melhor para se viver. Porém, afirmo que será na pluralidade do debate, e não no isolamento, que vamos alcançar melhores resultados na construção da cidade dos sonhos que almejamos.

Artur Bruno – deputado federal-PT
 


| 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 |    Próxima | Última página

PERFIL

Artur Bruno é professor e deputado federal pelo PT-CE. Atualmente é primeiro vice-presidente da Comissão de Educação da Câmara dos Deputados. Já foi deputado estadual por quatro mandatos consecutivos e vereador de Fortaleza por outros dois. É casado com Natercia Rios e pai de Marina e Mayara.

Site oficial: www.arturbruno.com.br

ARQUIVO

Deputado Estadual Artur Bruno

1998 - 2017. Deputado Federal Artur Bruno - PT Ceará
Av. Desembargador Moreira, 2001 Salas 501/502, Dionísio Torres - Fortaleza/CE
Anexo 3 - Gabinete 467 - Brasília/DF

Telefones: (85) 3055-0968 | (61) 32155467
e-mail: arturbruno@arturbruno.com.br

Site produzido e atualizado pela assessoria de comunicação do mandato e TEIA DIGITAL