>>


Receba as notícias do mandato por e-mail Cadastro
Cadastro
Ver como é o informativo

E-mail obrigatório.
Digite seu e-mail.


Sair da lista




Imprimir Enviar para um amigo Indicar erro

A+   A -

03-07-2014

Eleição e cidadania

O nosso desejo é que as eleições de 2014 possam fortalecer a democracia e o sentimento de civilidade existente em todos nós.

No próximo domingo a campanha eleitoral ganhará as ruas. Daqui a pouco, o verde e amarelo da Copa darão lugar às mais diversas cores que representam os 32 partidos políticos existentes no nosso País. Chegou a hora de valorizar esse processo tão importante para a nossa democracia. O direito pelo voto direto e universal para eleger os representantes do povo custou vidas ao longo da história do Brasil. Temos de fazes jus a esses esforços e lutar para que preceitos democráticos sejam valorizados e ampliados.

Em 2014, o cidadão se deparará com os mais diversos projetos políticos. O mais importante é o debate em torno dos problemas do nosso cotidiano: a segurança pública, a saúde, a educação, a mobilidade urbana e tantos outros. Como em toda eleição, é preciso estar atento a falsas promessas, soluções milagrosas ou simplórias demais. Existem sim problemas que podem ser resolvidos somente com vontade política, mas há também aqueles que exigem maior dedicação e esforço dos representantes.

Torcemos para que, este ano, tenhamos uma eleição limpa. Essa afirmação tem vários sentidos e a intenção é exatamente esta. Precisamos acabar com práticas que só aumentam a poluição visual das nossas cidades. Infelizmente alguns projetos de lei que impediriam alguns desses excessos não avançaram. O outro sentido de “eleição limpa” é o zelo pelo alto nível dos debates. O eleitor precisa de ideias para solucionar problemas, não baixarias ou ataques pessoais que em nada colaboram com o processo democrático.

A internet ganha, mais do que nunca, uma força importante para a definição do voto e para o cumprimento da cidadania. Nela é possível resgatar a história de quem está na disputa, comparar dados de governos e praticar a militância virtual. No entanto, é sempre bom checar informações para que boatos e inverdades não prejudiquem candidaturas - eis a faceta negativa desta ferramenta.

Aquelas que dizem não gostar de política terão uma excelente oportunidade de perceber que o voto consciente pode mudar realidades. Queiramos ou não, somos seres políticos. Ficar indiferente ao processo eleitoral também é uma maneira de se posicionar. A melhor saída é sim discutir os projetos das candidaturas postas. Fica, portanto, o nosso desejo de que as eleições de 2014 possam fortalecer a democracia e o sentimento de civilidade existente em todos nós.

 

Imprimir Enviar para um amigo Indicar erro

 


Deputado Estadual Artur Bruno

1998 - 2017. Artur Bruno - Secretário do Meio Ambiente e Sustentabilidade (SEMA)
SEMA - Rua Osvaldo Cruz, 2366.
Cep: 60.125-151 - Dionísio Torres, Fortaleza/CE

Telefones: (85) 3101.1234
Fax: (85) 3101.1234
e-mail: arturbruno@arturbruno.com.br

Site produzido e atualizado pela assessoria de comunicação e TEIA DIGITAL